A cirurgia plástica está cada vez mais comum entre as pessoas. E o que faz as pessoas a fazerem a cirurgia é a busca do corpo perfeito, ou seja, estética.

Nesse artigo, vou citar as principais do momento e pra que elas servem.

Bariátrica

Redução de estômago

A cirurgia bariátrica é muito procurada por obesos com grau 3. Essa cirurgia tem como objetivo reduzir o estômago, ou seja, reduzir o peso de pessoas com o IMC muito elevado.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a cirurgia bariátrica é indicada para pacientes com IMC acima de 35 Kg/m² que tenham complicações como apneia do sono, hipertensão arterial, diabetes, aumento de gorduras no sangue e problemas articulares, ou para pacientes com IMC maior que 40 Kg/m² que não tenham obtido sucesso na perda de peso após dois anos de tratamento clínico.

Quanto custa? O preço desse tipo de cirurgia pode estar entre os R$ 7.000 a R$ 30.000 reais, sendo que o valor varia de acordo com o tipo de cirurgia e o local dela.

Rinoplastia

Rinoplastia

Para fins estéticos, a cirurgia de rinoplastia ajuda a remodelar o nariz, com ela é possível diminuir e aumentar o nariz e mudar seu formato. O tipo de cirurgia de rinoplastia mais feita é afinar a ponta, o motivo é que muitas famosas nacionais e internacionais já fizeram esse tipo de cirurgia.

A cirurgia de rinoplastia é uma das mais feitas do momento e sua busca cresce a cada mês.Também é comum associar à rinoplastia a outros procedimentos nasais, como a correção do septo nasal.

Quanto custa uma rinoplastia? Esse tipo de cirurgia pode variar muito e depende de muitos outros fatores, os principais são: honorários do cirurgião, honorários da clínica, local da cirurgia, tipo de cirurgia e medicamentos necessários.

A rinoplastia custam em média R$ 12 mil reais. Mas de novo: vai de caso para caso!

Abdominoplastia

Abdominoplastia

Essa talvez seja a cirurgia mais feita do momento. A cirurgia de abdominoplastia serve para tirar o excesso de gordura e de pele do abdômen, ajudando a diminuir a flacidez da barriga, promovendo uma barriga lisa e definida.

Por mais que essa cirurgia é feita por 90% pelas mulheres, ela também pode ser feita pelo homens. Essa cirurgia também é indicada para mulheres depois da gravidez e ficou com a região da barriga muito flácida.

Essa cirurgia demora cerca de 3 horas. Normalmente, a cirurgia é feita com anestesia peridural e o internamento varia entre 2 a 4 dias.

É importante alertar que a cicatriz se encontra junto aos pelos pubianos e, embora seja grande é discreta, pois pode ser coberta pelo biquíni ou cueca.

Qual o preço? O preço da cirurgia de abdominoplastia custa em média 10 mil reais. Isso depende muito por quem foi feito, onde foi feito e o tipo de cirurgia e medicamentos necessários.

O vídeo abaixo ilustra como é feita essa cirurgia:

Polêmica

Há vários aspectos que devem ser levados em conta e que ajudarão muito para interromper o processo de queda de cabelo. Entre os principais estão a alimentação, o bom descanso, prática de atividade física aeróbica, os produtos que são utilizados regularmente no cabelo, a forma em que se penteia e se realizam massagens capilares.

Queda de Cabelo

A carência de ferro no organismo produz queda de cabelo tanto em homens como em mulheres. Esta situação costuma ocorrer com mais frequência entre as mulheres a raiz de períodos menstruais prolongados e/ou abundante perda, o que se regula com uma alimentação rica em ferro.

Aqui damos algumas dicas, não só para parar a queda de cabelo em homens e mulheres, mas também para tê-lo sempre bonito e com boa saúde.

Como fazer loção de água de linhaça para parar a queda de cabelo:

A linhaça contém ácidos Omega-3, nutrientes essenciais para a boa saúde. Além disso, os Omega-3 que contêm ácido alfa linólico (ALA), ácido docosahexaenoico e ácido eicosapentaenoico, os quais ajudam no crescimento do cabelo.

1 – Colocar as sementes de linhaça em um copo de água e deixar repousar durante a noite. No dia seguinte, vão perceber que a água está como lesma, não importa, é a fibra solúvel que entrou em contato com a água.

2 – Coar a água e reserve as sementes*. Colocar água em uma garrafa limpa e fechá-lo bem.

3 – Todos os dias deve ser aplicado sobre o couro cabeludo limpo, ao mesmo tempo que é massagear a cabeça. Deixa-Se secar ao natural.

A água de linhaça pode durar até duas semanas na geladeira, mas pode aumentar o preservantes como o ácido cítrico para que se conserve por mais tempo.

Outra opção é colocar algumas gotas de óleo essencial de limão, que é um antibacteriano.

A água de linhaça também é uma boa solução para o cabelo com frizz. Simplesmente se dê por todo o cabelo e deixe secar ao natural. Os cachos ficam saudáveis e bem definidos, além disso, o cabelo não fica tão duro como quando se usa o gel.

*As sementes, depois de ter estado em água a noite toda, foram ativado, liberando enzimas. Podem ser usados como alimento, já que depois de ativadas são digeridas de uma maneira melhor e cumprem melhor suas funções.

Por favor, utilize um smoothie, um suco ou pode usá-las em sua comida. Servem para combater a prisão de ventre, colaborar com a eliminação do colesterol alto e para incorporar muita fibra solúvel.

Tente evitar:

1. Amarrar o cabelo com “colitas”, “elásticos”, e pinças que geram muita pressão. São elementos que produzem uma queda de cabelo denominada alopécia de tração”. Reduzir o tempo em que usa o cabelo preso o mais rápido possível.

2. Xampus que contenham altos índices de químicos abrasivos. O shampoo deve ser usado em pouca quantidade. Procurar aquele shampoo que melhor resultado dá ao seu cabelo, e só usar esse. Obter produtos específicos para seu tipo de cabelo, e consultar um dermatologista.

3. Tratamentos capilares que envolvem calor excessivo, como os banhos de creme de leite com o calor, e a secagem do cabelo com ar quente, já que produzem danos aos folículos do cabelo e a consequente enfraquecimento e queda. Evitar o mais possível o uso de secadores, ou manter o aparelho secador a prudente distância e movê-lo em círculos, de modo que não se concentre o ar em uma única área.

4. A tintura e o processo de descoloração do cabelo danificado em excesso. Os químicos utilizados para gerar a “permanente” também.

5. Pentes plásticos de dentes muito juntos e pontiagudos, escovas duras. Estes raspan o couro cabeludo, uma vez que arrancam os pêlos embaraçados. Se o seu cabelo tende a ficar confusa demais, usar creme rinse, mas apenas nas extremidades para evitar a queda de cabelo.

6. Um tipo de penteado que exija muito do pente ou do tironeo do cabelo para deixá-lo nessa posição ou com essa queda predileta. É muito melhor do que o cabelo cair naturalmente a partir da direção em que cresce.

7. Muita gente usa a toalha freneticamente sobre seu cabelo molhado para secar rapidamente, que é justamente quando mais frágil está, e quando o poro está dilatado e frouxo. Isso arranca o cabelo facilmente. O melhor é pressionar a toalha no cabelo e deixe-o absorver a água, sem movê-la sobre o couro cabeludo.

Vencendo a Calvície

Conselhos práticos para combater a Calvície:

1. Consumir vegetais de folhas verdes (ricos em ferro). Está comprovado que o espinafre, acelga, rúcula, couve de bruxelas e outros vegetais de cor verde escuro fornecem ferro, e que este, se beneficia o crescimento do cabelo e a sua fortificação. Comer os vegetais crus em saladas com limão, pois ele oxida o ferro dos vegetais, de tal forma que o corpo humano pode aproveitá-lo em sua maioria.

2. Consumir vitamina para queda de cabelo como, por exemplo, o follixin que possui todos os nutrientes que o seu cabelo necessita para combater a queda de cabelo e a calvície naturalmente.

2. Beber muita água: 2 litros por dia (independentemente do líquido, as refeições e bebidas).

3. Comer alimentos com alto teor de selênio: cebola, nozes, alho, couves, pepinos, abóboras, maçãs.

4. Comer alimentos ricos em zinco: aipo, pregos, borrajas, figos, batatas, berinjelas.

5. Comer alimentos ricos em magnésio: banana, abacate, grão-de-bico, lentilhas, feijão preto, cereais integrais (aveia, trigo, gérmen de trigo, espinafre, brócolis, frutas secas ou secas (amêndoas, figos secos, passas de uvas).

6. Consumir alimentos ricos em ferro: leguminosas (ervilha, feijão, feijão preto, soja, lentilha), vegetais de folha verde (já mencionados), frutos secos (avelãs, amêndoas, nozes).

7. Consumir alimentos ricos em cálcio: leguminosas (como o feijão preto e branco, grão-de-bico, amendoim), vegetais verdes (como as couves, espinafres, nabos), frutos secos (amêndoas ou os figos secos).